---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Programa Dengue de Penha promove mutirão em Dia D de combate ao Aedes aegypti

Publicado em 30/11/2018 às 17:27 - Atualizado em 30/11/2018 às 17:31


Créditos: Raffael Prado (Assessoria de Imprensa PMP) Baixar Imagem

Fiscais da Vigilância Epidemiológica de Penha visitaram casas e comércios do Bairro Armação na tarde de sexta-feira, 30. A ação fez parte do Dia D nacional de combate ao Aedes aegypti, o mosquito transmissor do vírus da dengue. Cerca de 20 profissionais, entre fiscais, agentes de saúde e funcionários da Águas de Penha participaram da mobilização de sexta em Penha.

Segundo informações da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive), um em cada quatro municípios de Santa Catarina está infestado pelo mosquito Aedes aegypti. Cerca de 13,2 mil focos em 156 municípios foram registrados até o momento em 2018; um aumento de 40% em relação ao ano passado. Penha é 75º na lista dos municípios infestados.

“Essa região de Armação [onde ocorreu o mutirão] é a que encontramos a maior quantidade de focos. Por isso dedicamos este Dia D para trabalhar a conscientização com moradores e comerciantes do bairro”, apontou Alexandre Deolindo, responsável pelo Programa de Dengue de Penha.

Monitoramento

A cidade possui 280 armadilhas instaladas em casas e comércios. Elas são monitoradas semanalmente pelos fiscais da Vigilância Epidemiológica. “Esse trabalho é constante, tudo para garantir que a cidade reduza os focos”, completou Deolindo.