---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Setembro Amarelo é mês de prevenção ao suicídio em Penha

Publicado em 14/09/2018 às 09:07 - Atualizado em 14/09/2018 às 14:47

Este mês acontece em todo o Brasil a campanha do “setembro amarelo”, de prevenção ao suicídio.  Ela é uma iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), e é voluntariamente adota por estados e municípios, como no caso de Penha, através da Prefeitura Municipal.

O suicídio é considerado um problema de saúde pública e sua ocorrência tem aumentado entre jovens. De acordo com números oficiais, 32 brasileiros se matam por dia em média, sendo essa uma taxa maior do que a de vítimas de AIDS e da maioria dos tipos de câncer. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o suicídio tem prevenção em 90 porcento dos casos.

A campanha já está acontecendo em Penha. Orientados pela Secretaria de Educação e pela Secretaria de Saúde os professores da rede municipal irão fazer durante o mês atividades e discussões sobre o suicídio e a auto-mutilação em sala de aula. Da mesma forma, nas unidades de saúde nos bairros, cartazes e panfletos levarão conscientização sobre o tema.

Complementando a ação, no dia 20 de setembro, às 19h, na Câmara Municipal de Vereadores, acontecerá uma palestra aberta a toda população, comandada pelo psiquiatra Dr. Guilherme Persuhn Duwwe, com o tema “Suicídio: Vamos falar sobre isso?”.

Já no dia 21 de setembro, os estudantes da rede municipal de ensino vão participar de uma atividade na escola municipal Rubens João de Souza, a partir das 14h30, onde haverá um concurso para escolher a melhor frase a temática do suicídio. O vencedor vai receber entrada gratuita no parque Beto Carrero World. A melhor frase também virará tema de adesivo para carros, que será distribuído em outra futura ação de conscientização junto à população.

 “Convidamos toda a população a participar dessa atividade na câmara, principalmente quem tem algum problema na família ou está passando por uma fase difícil”, aponta a secretária de saúde de Penha, Regiane Basso. “O tema do suicídio tem sido um tabu na conversa de muitas pessoas, mas é justamente conversando sobre ele que podemos fazer o melhor para preveni-lo”, acredita.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar