---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Inauguração do Centro de Educação Infantil Maria de Lourdes Francisco Gonçalves, no Gravatá, acontece na próxima quarta-feira, dia 19

Publicado em 13/02/2020 às 13:59 - Atualizado em 13/02/2020 às 14:18

Na próxima quarta-feira, dia 19, a partir das 18h30, acontece a inauguração oficial do Centro de Educação Infantil Maria de Lourdes Francisco Gonçalves, no bairro do Gravatá. A unidade escolar, no entanto, já está em funcionamento, atendendo crianças de 0 a 3 anos.

O CEI Maria de Lourdes foi criado após a reforma da antiga Creche Nossa Senhora da Penha, que foi renomeada em homenagem a Dona Lurdinha, que por muitos anos trabalhou na instituição como merendeira. Com a construção e abertura da nova creche do bairro, o CEI Orlandina Bento Mendes, com capacidade para atender 200 crianças, os alunos da pequena creche foram transferidas para a nova, muito maior, em 2017.

No ano passado, a antiga creche do Gravatá foi reformada, para virar uma “creche-berçário”, destinada a atender crianças de 0 a 3 anos, enquanto os alunos de 4 a 6 anos, em muito maior número, ficam no Orlandina. Foram investidos 55 mil reais, para erguer novas paredes, fechar o entorno da unidade escolar para dar mais segurança aos alunos, troca de forro, contra-piso no pátio, instalação de parque infantil, novas portas, nova pintura, novos móveis, construção de abrigo de gás, nova rede elétrica, instalação de ar condicionado em todas as salas e outros itens necessários para atender melhor as crianças.

“Agora o Gravatá tem dois centros de educação infantil, que garantem o atendimento de mais crianças do bairro”, aponta o prefeito de Penha, Aquiles da Costa. A construção e abertura de novas unidades de ensino é apontada como uma das soluções encontradas pela prefeitura para resolver a demanda por vagas nas creches, se tornando um dos poucos municípios do Brasil que atualmente não há espera na fila. “Quando assumimos, haviam 300 crianças esperando uma vaga nas creches de Penha”, lembra Aquiles. “Isso sem contar as estatísticas de 800 nascimentos de lá para cá. E todos tem direito a uma vaga na educação de Penha. Hoje a administração municipal investe 31% do orçamento em educação, garantindo professores, alimentação, material escolar, uniformes, transporte e cada vez mais salas de aula para quase 5 mil crianças”, relatou.

 

 

 


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar